domingo, 13 de junho de 2010

Saudade..























É dificil para mim entender
tua ausência.
Sinto um vazio no peito
Uma dor que me corroi.

Pensamentos desordenados
Sempre um eterno perguntar
Porque?

Tenho tanto amor dentro de mim
Amor por ti!
Amor pelo nosso amor!...

É um amor infinito
Brota pelos meus poros
Exala por todo meu ser
Não me deixe assim tão só!...
Tudo fica tão sem graça e sem cor

Eu me acostumei a ver a vida
Pelos olhos teus
Falta Você aqui.
Falta você em mim
Falta tudo enfim...

Maria Bonfá
11/06/10

6 comentários:

Beatriz Prestes disse...

Versos de um amor sem fim...
Lindo minha amiga!
Senti no coração este poema!!
Beijo muito carinhoso minha amiga
Bea

Silvia C. Barbosa disse...

Menina... que coisa mais linda!

Quando algo faz falta, as lembranças fazem companhia, trazendo o que foi pra perto de alguma forma.

Beijos e tenha uma semana abençoada.

Mila disse...

Perefita tua poesia, linda mesmo.
Bjs
Mila Lopes

Elaine Barnes disse...

Seria bom se a gente não sentisse esse vazio né?! A falta que faz um amor que ficou mal resolvido e não sai da gente.Seu poema é lindo como todos que escreve. A dor da saudades também tem tempo de validade. Assim que se abrir para o amor novamente esse passará a realmente ficar no passado como algo que foi bom demais para que entendesse que o amor é seu e que pode entregá-lo a outro alguém na mesma intensidade. Montão de bjs e abraços

ErikaH Azzevedo disse...

Essas saudades que nos dilasceram por dentro menina,como dói , uma ausencia tão presente em nós...

Prefiro as saudades que nos fazem sorrir essas que carregam um viver novamente tão intriseco na nostalgia de se sente como se sente...esse entregar.

Bjos Bonfá minha.

Erikah

Majoli disse...

Oi amiga, quantas saudades de te ler.

Vou colocar em dia minha leitura aqui nesse lugar encantador.

Já senti essa "Saudade.."...hoje já nem tanto.
Mas é engraçado, sinto saudade de ter saudade, pode isso?

Linda poesia, como sempre você me encanta.

Beijos cheios de carinho no teu ♥.

Amo você.