segunda-feira, 14 de março de 2011

Vulnerável...



Estou tão vulneravel!
Sua indiferença
Me fragiliza!
Machuca meu coração
Sinto-me perdida
Num turbilhão de emoções
Sou toda amor e paixão..
Quero-te tanto!
Com tanta intensidade!
Ama-me!

Maria Bonfá
13/03/11

8 comentários:

Mila Lopes disse...

Gostei da sua intensidade, me encontro em tuas palavras...

Bjsss


Mila

*Mi§§ §impatia* disse...

Ah que esse amor seja correspondido na mesma intensidade......
Boa semana, amiga. Beijos.

Otelice disse...

OLá, Maria! Belo poema.
Persista, insista, o amor sempre vale a pena.
Bj.

Xanele disse...

Sou toda amor e paixão..
Quero-te tanto!
Com tanta intensidade!
Ama-me!



Aiiii Aiiii
Beijos amore

Cristal disse...

Maravilhoso!!!!!!


Beijos


Ani

Callie disse...

Deixa teu coração abraçar o que digo enquanto afago teus cabelos. O nome disso é carinho ..

Sddes beijoooos

Fátima Guerra (Mellíss) disse...

Querida Maria

O oposto do amor não é o ódio, mas a indiferença.
Lindos versos.
No primeiro aniversário do meu blog, saiba que seu estímulo alimenta minha poesia.
Agradeço seu valioso incentivo.
Conte com meu carinho.

Fátima Guerra.

Viviane Magalhães disse...

que delicadoo..
olá, primeira vez que venho ao seu blog, gostei e estarei seguindo.. se quiser vá até o meu e me siga tbm será bem vinda!
*-*