sexta-feira, 1 de abril de 2011

Tarde demais


















Tudo terminado entre nós...
Se fosse possível voltar no tempo
E desfazer os erros cometidos
Eu mudaria tanta coisa!

Te afagaria ao invés de brigar
Abraçaria e nunca te afastaria de mim.
Queria não ter errado tanto.
Nem te magoado sem necessidade.
Teria sorrido mais
E dito mais vezes
Que eu te amava,
Que eu te amo.

Com palavras eu te feri
Disse coisas que sei,
Você nunca me perdoará.
Quantas vezes eu te olhava
Carente de ti...
E queria dizer que meu amor
Era, e é imenso.

Deixei que o orgulho falasse mais alto
Agora choro triste e solitária.
Nada a fazer...
Somente lamentar.
Pena que fui perceber
Quando já é tarde demais...

Maria Bonfá
29/03/11

5 comentários:

Sonhadora disse...

Minha querida

Saudade de te ler...e adorei este poema, quantas vezes olhamos para trás e queriamos ter feito as coisas de outra maneira...mas o tempo é impiedoso e não volta.

Deixo um beijinho
Sonhadora

Rosa Mattos disse...

olá, querida, vim conhecer este seu Mar de Sonhos, onde as palavras flutuam sobre as nuvens de suas mais doces inspirações.

Seus versos são imersos em sentimentos divesos.

Gostei/vou te seguir/bj♥

Rosa Mattos disse...

oi, querida, obrigada pelo carinho da retribuição e das palavras gentis.

Boa semanaa/!! Beijos♥

Mari Amorim disse...

a vida nos mostra tantos caminhos,que quem sabe o que é certo ou errado?
só o tempo.
Boas energias,uma semana iluminada!
um abraço amigo,
Mari

Jana disse...

Tão real esse poema...Adorei......
bjs