domingo, 12 de junho de 2011

O Encontro..



















O vento sopra sussurrante
Uma brisa suave.
Arrepiando a pele.
Que quente, estremecia,
Na doce espera, pelo amado.
Ouve os sussurros do vento,
em suas costas.
Sente o desejo.
Que ávido, vem provocar.
Ela recebe o amado.
Com o amor dos amantes.
Em beijos entrecortados,
de suspiros e juras de amor.
E o amor se faz.
Acalmando, a fúria,
dos sentimentos.
Numa paz de momentos.
Para depois, tudo recomeçar.

Maria Bonfá
12/06/11

Um comentário:

Maria disse...

Amiga um poema lindissimo.
Beijinhos
Maria