sexta-feira, 21 de março de 2014

Sublime amor






















Ela o fitava implorando, e o seu corpo
pedia o toque.
Trêmula, ela esperava o contato.
E a sua pele macia e suave, arrepiava,
e estremecia.

Ele era inteiro malícia.
A queria, a desejava.
Mas apenas sorria numa
lenta agonia.
O coração ardia, e a paixão
os consumia.

Não se contiveram mais!
As mãos se procuraram.
As bocas se buscaram,
E ávidas se encontraram em beijos
apaixonados.
Enfim, a pele saciou o desejo
de sentir, a pele amada a sua tocar.

O vento cúmplice veio sussurrando
uma doce melodia, em um balé sensual.
Os acariciou, refrescando seus corpos,
quentes de desejos.
Era amor? Paixão?
Era um encontro de almas,
Sublimando o amor!...

Maria Bonfá
21/03/2014


Um comentário:

✿ chica disse...

Lindo! Muito lindo e que bom que o amor aconteceu! beijos,chica