segunda-feira, 17 de janeiro de 2011

Pele

























Pele que chama
Que clama
Que convida ao toque!
Pele que em louco
desvarios
Se faz nua
Se faz amante

Trêmula
Louca
Arrepia
Em um constante
querer... desejar...

Entre afagos
E sussurros...
Espera ofegante
O toque de outra pele.
Um benfazejo
E delicioso tocar.

Pele que vibra para
o momento
Tão esperado
Do contato
Do sublimar
Pele ávida em amor
A desabrochar!...

Maria Bonfá
17/01/11

7 comentários:

*Mi§§ §impatia* disse...

Ah esse lance de pele que comanda tudo rssss
Beijos e boa semana amiga.

*Mi§§ §impatia* disse...

Ah esse lance de pele que comanda tudo rssss
Beijos e boa semana amiga.

Marcelo Roque disse...

Maria, adorei seu espaço poético ... tudo muito bem elaborado e ricamente ilustrado por seus versos !

Um beijo em seu coração amiga querida !

Marcelo Roque

Sonhadora disse...

Minha querida

Quente...apaixonado...sensual e lindo o teu poema.

Beijinho com carinho
Sonhadora

Eliane Alcântara. disse...

Você sempre surpreende, Maria.
Beijinhos e ótimas inspirações ; )

Phivos Nicolaides disse...

Seu blog é interessante e cheio de fotos bonitas. Se você tiver tempo, visite o meu blog de viagens, que está em Inglês e em grego Rio

Daniel Savio disse...

Não é só a pele que clma neste momento, todo o corpo que chama este momento...

Fique com Deus, menina Maria Bonfá.
Um abraço.