sexta-feira, 11 de julho de 2014

Suavidade


























Era suave seu toque.
Como uma seda deslizando
pelo meu corpo.
Tão leve, que a alma arrepiava,
e gemia.
O prazer era infinito.
Era o amor!..Era vida!

Maria Bonfá
11/07/2014

4 comentários:

Graça Pereira disse...

E não é assim que tudo começa? Lindo mesmo!
Beijo e bom domingo
Graça

Graça Pereira disse...

Há sempre palavras novas para definir o amor...
Beijo
Graça

Giancarlo disse...

Buone vacanze...un abbraccio.

Giancarlo disse...

Buone vacanze...un abbraccio.