terça-feira, 20 de outubro de 2009

E triste...




















Fico triste ao ver
que muitas pessoas
Chegam e se vão
Sem um toque
De humanidade...

Alma seca e invejosa
Num eterno desespero
De ser e ter.

Sempre se perguntando
“Quem será mais isso ou aquilo do que eu?"
Com sorrisos angelicais dissimulados.
Deixando o ar pesado

Quando na vida
Tudo é transitório,
Tudo passa tudo acaba...

Fico triste que pessoas
Que vem e se vão
Passam pela vida
Sem deixar nenhuma
Boa recordação!...


Maria Bonfá

7 comentários:

Maria L. Bózoli disse...

lindíssimoooo...como todos os seus textos....Parabénns!

Venha concer meu novo blog
http://poesiasamoremio.blogspot.com/


Obrigada..........Beijusssssssss

Elaine Barnes disse...

É amiga, tudo na vida passa então o melhor é ficar do nosso lado, sermos nossas melhores amigas. Tem pessoas que acrescentam coisas boas na nossa vida, outras deixam marcas e feridas, lobos em pele de cordeiros. Porém com eles aprendemos mais sobre nós mesmos, a nos diferenciarmos pelas boas ações. Gde bjs amiga adorei .

a magia da noite disse...

marcar a vida de alguém requer uma intensidade que nem todos possuem.

Majoli disse...

Querida, a mais pura verdade essa tua linda poesia.
Como é bom poder deixar em alguém boas recordações...tudo passa, mas o que foi bom, fica.

Beijos e linda tarde de quarta.

Everson Russo disse...

Lindo e sentimental, tudo nessa vida passa um dia, então temos que viver o hoje e esquecer um pouco as tristezas, temos que ver beleza na solidão da lua, no silencio ensurdecedor das estrelas e tudo que nos cerca...beijos e linda quarta pra ti.

Lúcia Soares disse...

Que lindo e verdadeiro, Maria. Eu espero estar plantando frutos pra serem colhidos quando não mais estiver por aqui, porque deve ser muito triste não ser sequer lembrada.Tenho uma cunhada (tenho) que morreu há 9 anos e falamos nela como se a tivéssemos visto ontem, de tanto que ela era (é) querida e do tanto que nos faz falta. Todos os anos a filha dela comemora no dia do aniversário dela, como se ela aqui estivesse. E não há tristeza, não há morbidez nesse ato, é um dia onde nos encontramos, rimos, e às vezes nem falamos nela, acredita? Mas comemoramos por ela. Esta, sim, não passou pela vida "em brancas nuvens". Bj

Maria Flor! disse...

É triste quando pessoas que aprendemos a amar, se vão e não deixam nada, apenas esse vazio...
Muito bem descrito esse sentimento de vácuo que pessoas que nada tem para oferecer nos deixam.
Parabéns docinho!
Muita luz em suas inpirações!

Beijos da Flor!