terça-feira, 16 de novembro de 2010

Amargura...























Quando acordei hoje
Ainda nos braços do sono...
Vesti-me distraída
Com a estranha sensação
Que era uma versão de ontem

Aquelas lágrimas que voce,
sem emoção...
Fez cair do meu olhar...
Ainda queimam meu rosto!

A decepção cruel de acreditar
Num amor que não existía.
Coração está despedaçado!...
Resumindo...
Hoje novamente me vesti
de amarguras.

Maria Bonfá
16/11/10

19 comentários:

*Mi§§ §impatia* disse...

Entendo bem esse tipo de amargura..... ainda bem que as decepções não nos matam e sim ensinam a viver.
Boa semana amiga, beijos.

Mila disse...

Triste desenlace...

A vida vai melhor, oh se vai!

Bjs

Mila

*Mi§§ §impatia* disse...

Obrigada amiga pelo carinho viu? Ah e com certeza vc vai realizar esse teu sonho sim, estou daqui na torcida.
Beijos no coração.

Socorro disse...

Por quantas vezes acordei cheia de amarguras e despedaçada por um amor que não existia.

Sucesso!

Marilu disse...

Querida amiga, mude a roupa, vista-se de felicidade. Tenha uma linda semana. Beijocas

Sonhadora disse...

Minha querida

Falaste de mim no teu poema, como o senti na minha alma.

Beijinhos com carinho
Sonhadora

Max, o Sedutor. disse...

É sentir amargura é ruim mesmo...mais pense amiga que vc.vai sair dessa...e que dias melhores viram...eu estarei aqui torcendo por vc.serei seu seguidor...beijos queridaaa!!

meus instantes e momentos disse...

Levanta e continua...
Maurizio

Pérola disse...

Olá minha querida.
Amei seu poema mas tão tristinho.
Sacode a poeira e deixe um novo amor invadir.
Amei a sua visita.
Beijokas minha flor.

claudete disse...

Mesmo triste é muito linda a sua poesia. Beijos.

Everson Russo disse...

As vezes acordamos assim mesmo,,mas temos sempre que acreditar que dias melhores virão...grande beijo de otima semana pra ti,,,muito bom ter voce de volta....

Daniel Savio disse...

Alguém que dize que nos ama não deveria desperta a nossa lagrimas...

Hah, é que ue fui rapidinho a São Paulo, mas tu mora em Batatal (acho que errei o nome), no interior de São Paulo, não é?

Estou pretendendo vistiar mais os amigos virtuais, sendo que ano que veem vou começar a me programar para isto, ai só basta combinar contigo.

Fique com Deus, menina Maria Bonfá.
Um abraço.

Everson Russo disse...

Um beijo super carinhoso de bom dia pra ti amiga...

Rosemildo Sales Furtado disse...

Olá amiga! Passando para agradecer pela honrosa visita, bem como, as palavras amáveis deixadas no seu comentário sobre a nossa comemoração de segundo aniversário. Gostaria de poder continuar contando com o seu valioso apoio que somente me incentiva e me fortalece.

Muito obrigado e fique certa que a recíproca é e será sempre verdadeira.

Adorei o poema. O amor verdadeiro tem que ser correspondido.

Abraços e que DEUS nos abençoe.

Furtado.

meus instantes e momentos disse...

tenha uma ótima semana.
Maurizio

Cristina disse...

Acho que o pior é chegar a conclusão que só nos resta vestir de amargura.
Linda poesia
Bjosss

ઇઉ disse...

Adorei seu blog! Estou te seguindo.

José María Souza Costa disse...

Um poema belissimo em um blogue Avassalador.Estou cá lhe convidando a visitar o meu blog, e se possivel seguirmos juntos por eles. Estarei grato esperando por voce lá.
Abraços

Beatriz Prestes disse...

Minha amiga querida...QUE SAUDADE!
Como teu poema fez sentido em meu coração...
Tocou profundamente meu sentir !
Beijo carinhoso amiga querida que nunca esqueço!
Bea