segunda-feira, 31 de dezembro de 2012

Silêncio de um amor
























O frio se fazia intenso, e o vento
era como uma cortina de gelo
se contorcendo, congelando ainda mais o seu corpo
que clamava pelo calor do corpo dele.

A noite caminhava, pelas longínquas estrelas do céu,
indiferente aos olhos que as fitavam.
Ela mais do que nunca, sentiu a solidão que a esmagava,
E o frio que vinha de sua alma, era cortante,
a deixava entorpecida.

Agora sabia que o amor quando se vai
deixa um vazio que nada preenche.
Chamou por ele, não houve resposta.
Nunca mais o teria. E ela chorou, deixou-se doer,
desfez-se em versos tristes, e virou poesia.

Maria Bonfá
31/12/12


10 comentários:

✿ chica disse...

Virou poesia, uma linda poesia! beijos,tudo de bom,chica

Por Amor disse...

Magnífico e verdadeiro Maria o Amor quando se vai nos leva um imenso pedaço as vezes maior que nós mesmos um beijo feliz 2013 Pedro Pugliese

JP disse...

Olá Maria,
O amor nunca é frio nem cortina de gelo e deixa sempre muitos vazios....

....mas os vazios também se preenchem e a alma volta a aquecer!

Beijinho e um Feliz Ano

Giancarlo disse...

Ti auguro un 2013 che inizi bene, prosegua come desideri e che termini con grandi soddisfazioni.
Ti auguro di camminare su una strada chiamata vita, di inciampare in una pozza chiamata fortuna, di cadere in un abisso chiamato felicità.
Ti auguro un amore sincero accanto a te che sappia comprenderti e guardarti nel cuore con amore per ciò che sei.

Marcelo Pirajá Sguassábia disse...

Muito bom, Maria. Desejo a você um 2013 maravilhoso e cheio de inspiração. Um grande abraço!

Guard. del Faro disse...

Olá,
passo para combater a sua visita ao meu blog e se renovar os cumprimentos de Feliz Ano.
Parabéns pelos versos.

Luísa N. disse...

Lindas mensagens, linda poesia... Feliz Ano Novo, Maria Bonfá!!!!!!!!!!

Jessica Zuza disse...

Quanto sentimento, adorei.

Ah eu percebi que, apesar de sempre vir aqui, eu ainda não te seguia então, acabei de seguir ta?

Al Reiffer disse...

Belíssimo poema, parabéns! Ótimo 2013. Abraço!

Everson Russo disse...

Um perfeito cenário de saudade,,,dos sentimentos vividos e que hoje são apenas memória...beijos amiga e um bom dia pra ti.