quarta-feira, 16 de setembro de 2009

Minha Infância...














Hoje sinto saudade
da minha infância
saudade de brincar de roda
e cantar aquelas cantigas.

Subir em arvores
andar de bicicleta
tantas coisas gostosas
que fizeram minha infancia
ser uma eterna brincadeira

Ir ao parque, comer pipoca
algodão doce
e as festas juninas ?
Que delícia!

Dançar quadrilha
o calor da fogueira
sentir medo dos rojões
assistir ao casamento caipira

Lembranças que guardo comigo
como um objeto precioso
minha infância querida
tempo feliz
de menina peralta
que amava brincar

Maria Bonfá
16/09/09

4 comentários:

Úrsula Avner disse...

é uma delícia quando as memórias da infância podem ser versejadas de forma tão doce. Um mimo de poesia ilustrada por delicada e linda imagem. Um abraço.

Mariana disse...

Agradeço de coração pela tua participação no meu blog.
Obrigada por permitir que aprenda contigo sempre.
Grata.
beijos

"re" disse...

Maria

Como diria Casimiro de Abreu: "Oh que saudades que tenho da aurora da minha vida, da minha infância querida que os anos não trazem mais". Saudades da infância, que tempos bons esses. Parabéns.

Un beso

Bernardo disse...

Olá Mria

Obrigado por seguir meu Blog Quintana Eterno. Lindo seu Blog, maravilhoso...e quanto à infância, como dizia aquela velha canção, eramos felizes e não sabiamos.
abraços
Bernardo