sábado, 23 de janeiro de 2010

Desabafo...




















Mais um dia! uma nova história? Teria que ser nova história
mas vejo tudo igual, tudo repetido!

Caminho pelas ruas apinhadas de pessoas apressadas
sou só mais uma na multidão

me sinto só
engraçado sentir solidão
em meio a tanta gente

mas ninguem tem tempo para notar
alguem ao seu lado que está tão desejoso de uma palavra
ou mesmo de um sorriso.

è tão dificil olhar e desejar  bom dia ?
só vejo rostos impassiveis

cada um dentro de seu proprio mundo
 preocupados e desinteressados
com o que acontece a sua volta.

Sinto uma vontade enorme de gritar
quem sabe alguem olhará para mim?
Vou ser chamada de louca!

começo a rir imaginando a cena
só quero um pouco de  atenção
sinto-me invisivel.

Será que existo mesmo?
estou aqui?
Sei lá.. É tudo tão estranho

essa indiferença geral
 me abala, angustía meu coração

Se existisse só um pouco de amor ao proximo
não teriamos tanta fome..
 fome de amor, carinho, atenção

Precisamos rever nossos valores..
Valores? Ainda existe algum?

em meio a tanta corrupção, tantos politicos desonestos
uma saúde publica completamente doente,
falar em valores, chega a ser hilário

Hoje as pessoas estão com depressão, sindrome do panico
medo constante de assalto, sequestro, bala perdida.

Que mundo é esse ? Fala-se em amor.
Mas o amor que todos falam é o carnal, sexo.
.porque o amor verdadeiro, preocupa-se com o outro.

Dá e procura o ombro amigo. fala e escuta.sorri e chora junto.
isso é ser amigo..isso é amar

Um andorinha só não faz verão...
Mas se cada um de nós fizermos nossa parte.
alguma coisa começará a mudar.

Afinal sou (somos)  um ser humano e quero ser tratada como tal.
Quero ter amigos verdadeiros,

que me olhem nos olhos.
Confidencie e me faça confidente.

Nada de papo cabeça, quero jogar conversa fora.

fazer caminhadas no parque. respirar o ar puro.

Rir de qualquer bobeira.
Precisamos de sintonia. amar e ser amado

Vivermos a lei da reação..Tudo o que vai volta..

Na medida que amamos somos amados.

Alguém está disposto(ta) a me acompanhar?


Maria Bonfá
23/01/10

13 comentários:

RENATA MARIA PARREIRA CORDEIRO disse...

Lindo! Toda vez que venho aqui, falo a mesma coisa. Mas vc é muito Linda, Amor. Ofereço-lhe este singelo poema.

*É ASSIM
Poema da Renata pra querida Maria

É assim
tem mãos abençoadas,
carrega todo o sentimento do mundo
tem olhos de designer
e um sorriso generoso e largo.

É assim, um presente de Deus.
Uma oferenda dos céus.
A certeza de que a vida é um milagre.

AMOR*
*Princípio Fim Meio*

O melhor sempre.
Beijos Renata

Clecilene Carvalho disse...

Compartilho dos teus pensamentos...

Eles me fizeram lembrar de uma frase de uma outra Maria a Lucinda:
"Sei que não podemos mudar o ínicio, mas se cada um de nós fizermos nossa parte poderemos mudar o final."

Elaine Barnes disse...

EU!!!!!!!!! Sempre alerta aqui amiga,sou um ombro e quero comopartilhar e agradecer seu ombro e sua cia também. Sempre! Seu post está transparente como você.Muito bom de ler e se ver nos questionamentos, nos conflitos,nas dúvidas e também nas indignações.Que mundo é esse?Belo desabafo! Amiga,não sabe o qto fiquei feliz pelas novidades aí,estou bastante aliviada. Uma benção sentir-se em casa. Te desejo toda felicidade do mundo! bjão

Manu disse...

Olá Maria!

O mundo de hoje é desbotado
sem cor garrida que o vista
talvez por estar sobrelotado
não há comunidade que resista

Bom Domingo. Beijos

meus instantes e momentos disse...

Acordei feliz, (é uma das manias minhas)e deu vontade de desejar pra voce um ótimo domingo...
Maurizio

Bandys disse...

Eu te acompanho.

Amigo, não permitas que a tristeza te domines; mas, se te sentes dominado, ergue-te de novo.
Ainda que o teu sonho seja desfeito, tens o direito de sonhar de novo. Imagina que em ti ainda resta a grandiosa energia.

Para aquele que sonha, este mundo é sempre um novo mundo.
Amigo, não te permitas cair, mas, se caíres, levanta-te de novo.
Ainda que percas a confiança, ainda que fracasses naquilo que tentas, não te permitas cair totalmente. O sonho é o viveiro da esperança.

No imenso viveiro do sonho nascem tenros rebentos de esperanças, e os brotos crescem alimentados pelo sonho.

Beijos no teu ♥

Elzenir disse...

Olá, Maria, estou afim de acompanhar-te, sabemos que a vida caminha depressa, mas quem sabe paramos para apreciar o horizonte e ter esperança de dias melhores...Lindo poema!!!Bjs

Elaine Barnes disse...

Durma bem e descanse,que amanhã vc esteja melhor. bjão

(CARLOS - MENINO BEIJA - FLOR) disse...

Triste verdade dos tempos modernos,Maria Bomfá.Parabéns.Beijos
////////
Atenção, você foi citado(a) no meu blog e tem direito de resposta

Luciana Klopper disse...

Lindo!
Amiga muitas vezes como hj me sinto exatamente assim, vou com certeza te acompanhar

Majoli disse...

Eu quero te acompanhar, pode ser?

Dias desses atrás saí em direção ao centro da cidade, como aqui tudo é perto, de minha casa ao centro levo de 15 a 20 minutos a pé, resolvi contar quantas pessoas que eu ao dizer bom dia, tudo bem?...quantas me responderiam o bom dia e também perguntariam como estou.
Aqui a gente conhece quase todo mundo, mas mesmo assim fui chegando ao centro da cidade decepcionada, das 15 pessoas que eu cumprimentei, somente duas ao responder perguntaram como eu estava...o resto simplesmente dizia, bom dia, estou bem...e ponto final.
Pois é, é o ser humano que não quer saber nada de nada, só dele mesmo.
Por isso prefiro ficar quietinha aqui dentro de casa, pelo menos não me entristeço tanto.

Beijos minha linda e amada amiga.

Lidia Ferreira disse...

Ja me senti assim , sozinha no meio da multidão
querida amiga e so´voce arrastar o mouse ou colocar em cima ate o código mudar de cor ai vc aperta o ctrl c
Obrigada linda pelo seu comentário
bjs , se não conseguir me avisa aue te mando por e-mail ta
bjsssssssssssssss

Daniel Savio disse...

É necessário ter mais coragem para expor os proprios sentimentos, principalmente carência...

Fique com Deus, menina Maria Bonfá.
Um abraço.