quinta-feira, 25 de fevereiro de 2010

Amor carente...

















As vezes me assusta esse

amor que é tão grande
Dentro de mim.

É um amor sincero,
as vezes ansioso
não tem ilusão.

É um amor carente
Não é prepotente,
tem emoção

Chora com o medo
briga com a tristeza
Foge da ilusão.
e na sua simplicidade
Sempre volta,
batendo forte no meu coração.

É um amor verdadeiro
que precisa de carinho.
Mas que tem medo da solidão...



Maria Bonfá

20 comentários:

Sandra Botelho disse...

Se esse amor é tão grande assim, viva-o, e se esqueça do medo.
Se no final não der certo.
Ao menos você viveu momentos felizes.
Bjos querida e tenha lindos dias.

Chica disse...

Lindo poema!beijos e um dia bem legal!chica

Xanele disse...

Cheio de amor
beijo Xan

Pelos caminhos da vida. disse...

Uma flor. Uma fonte.
Um sorriso. Uma vida.
Tudo começa.
É importante começar bem.
Mais importante, continuar bem.
Seja sempre novo cada momento
do seu dia. Para fazer da sua vida
uma dádiva sempre nova.

beijooo.

Everson Russo disse...

Todo amor é carente feito um jardim,,,lindo, perfumado,,,sereno,,,mas precisa de zelo,,,de cuidado a cada dia mais e mais...beijos de otima quinta feira.

(CARLOS - MENINO BEIJA - FLOR) disse...

Você tocou num ponto interessante.Por que a gente ama e tem medo da solidão?Até mesmo sendo correspondidos,fica aquele medinho dentro da gente. Como o poema diz,todos temos uma carência sim.O medo de perder é do tamanho do amor que sentimos.Quão grande ele é,quão grande ele assusta. Você,hein? Inspiradíssima.Amei. Esto uqse bom do pezinho, só nao posso fazer caminhada ainda, mas dor aguda graças a Deus, acabou.Beijos e obrigado por tudo, pela preocupação e carinho.

Zé Carlos disse...

Maria querida, deixe este amor crescer..... Tem coisa melhor na vida do que um grande amor?

Ele é interminável? jamais....
mas se terminar arrume outros e seja feliz pela sua vida toda !!!!!

Bjs do teu amigo, ZC

RENATA MARIA PARREIRA CORDEIRO disse...

Não me assusto nem um pouco. Porque também tenho um *amor que é tão grande dentro de mim*, um verdadeiro mar de sonhos*****************************

*****

Pra vc, Maria que é igualzinha a mim*

*Entretanto, não se deve acreditar que todas as dificuldades se atenuem nas mulheres de temperamento ardente.
Ao contrário, podem exasperar-se. A pertubação feminina pode atingir uma intensidade que o homem não conhece...*

Simone de Beauvoir*

Beijos, querida!
Não vim antes, porque devido ao tombaço, estou meio moidinha e tenho de ficar deitadinha! Que bom!

Ricardo Calmon disse...

Viver emoções,passar nos faz emoções sensações ,que a assustar chegam,mesmo em inenarraveis momentos ,peito nosso,para não implodir,nos faz chorar,não é verdade?Maria Bonfá,amada miguxa dessa invertida ,de babel torre,onde todo mundo quase,se entende e compreende!

bzu mãos suas pessoa querida!

viva la vida!

Majoli disse...

Ah esse tal de amor carente, que insiste em morar dentro da gente...te entendo perfeitamente, pois o vivo igualmente.

Minha querida, estou me afastando um pouco da net, mas não a esquecerei, nunca.

És uma pessoa especial dentro de meu coração.
Gosto muito de ti.
Não se esqueça de mim nessa minha ausência, pois um dia voltarei, espero não demorar.

Beijos com amor no teu ♥

Beta disse...

Lindo demais!!!

José disse...

Olá Maria,

Quando a gente tem já uma certa maturidade, não deve ter medo, deve ter algum cuidado, para não voltar a sofrer, mas deve viver, Como diz a Sandra Botelho.

um beijinho,
José.

Silvana Nunes .'. disse...

Bela poesia.
FOI DESSE JEITO QUE EU OUVI DIZER... deseja uma boa noite para você.
Saudações Florestais !

Sarah Slowaska disse...

Lindo poema! Amor e solidão não combinam. Ele só sobrevive acompanhado, e não há quem nos ame mais do que nós a nós mesmos.
Infelizmente, há quem se esqueça do amor próprio e se dedique demasiado aos outros.

beijinhos

Lady disse...

Amor sensível, sincero, suave, solitário, amor , amar, entrega, medo, solidão um conjunto de emoções que guardamos em nossos corações.
É, faz parte da arte de amar...
Obrigada pela visita e suas palavras carinhosas.
Gostei muito do seu cantinho, voltarei.
Bjok

Everson Russo disse...

Um beijo querida e um lindo final de semana pra ti,,,,

Kimbanda disse...

Olá Maria querida amiga,
O amor é mesmo assim com todas essas artimanhas que penetram fundo e nos trazem imensos "Ses", medos e ansiedade. A questão maior, é como aprender a lidar com isso e dar a volta por cima!
Este poema é lindo, sincero, humano e vem de dentro de um coração tamanho e puro!
Adorei querida amiga.
Recebe um kandando forte e sincero que atravessa tanto mar, tanto mar...

Daniel Savio disse...

Ter medo nunca pode ser desculpa para não tentar...

Entendeu menina?

Fique com Deus, menina Maria Bonfá.
Um abraço.

Amapola disse...

Que lindo!
Você fala de amor de um jeito tão especial, tão verdadeiro...


Um grande abraço.

rafa disse...

nossa maria adorei esse poema,nao só esse como todos,muito lindo mesmo e verdadeiro