domingo, 12 de setembro de 2010

Encontro...

Um encontro!...
Olhares se buscam
Bocas sorriem num desejo aparente
Rendem-se a atração
Palavras se fazem desnecessárias
Ao redor tudo desaparece
Só fica o querer
O ansiar, o desejar
Mãos que se tocam
Trêmulos se buscam
Se descobrem, revelam-se desnudos.

Um entrelaçar de pernas
A procura de um encaixe perfeito
Corpos que se esfregam
Num delicioso roçar
 Sussurros frenéticos,
entrecortados
Ávidos no sentir
Bocas se mordem
Beijam-se
O êxtase afinal!
Respiração ofegante
Coração disparado
Murmuram satisfação

Cama desarrumada
Lençóis amassados
Suores misturados
O cenário perfeito
De um encontro de amor

Maria Bonfá

12/09/10


5 comentários:

Sonhadora disse...

Minha querida Maria
Como eu tinha saudades de saborear a sensualidade dos teus poemas.
tenho um selinho para as amigas, abaixo da post actual, por um ano de blogue, gostaria que aceitasses.

Beijinhos com carinho
Sonhadora

Marilu disse...

Querida amiga, que saudades de você, que bom viajar, matar saudades. Mas estava sentindo muita falta desses lindos poemas que você sempre nos presenteia. Tenha uma linda semana. Beijocas

Daniel Savio disse...

Poesia bonita, pois demonstra desejo de duas pessoas...

Mas que bom que apareceu =P

Fique com Deus, menina Maria Bonfá.
Um abraço.

Loba do Amor disse...

Que lindo poetisa..parabéns.

Bjs..

Elaine Barnes disse...

Sempre me faz lembrar de como era bom estar relacionada com alguém legal,agora faz tanto tempo...rs... Adorei esse romantismo tão delicado. Montão de bjs e abraços e seja bem vinda!