sábado, 3 de novembro de 2012

Ternura


















Gosto dos dias de chuva
e do seu gotejar constante
deixando em nós a vontade
de aconchego..

Me aninho entre seus braços,
suspiro em puro enlevo.
É tanta ternura. É tanto amor...
É você meu amor!


Maria Bonfá
03/11/2012


3 comentários:

(CARLOS - MENINO BEIJA - FLOR) disse...

Uma chuvinha nos dá mesmo uma sensação de querer aconchego, Maria Bonfá. Poema gostoso. Beijos.

Andre Luiz disse...

Ternura verdadeira,num amor sincero. De almas enamoradas

Poetando com Carlinhos do Bento disse...

CHUVA...CHUVA
VOCÊ MOLHADINHA
EU TE QUERENDO
VOCÊ SENDO MINHA.

CHUVA...CHUVA
CHOVE DEMAIS
CHUVA DE CARINHOS
CHUVA DE AIS.